Pilates na Gestação: 5 motivos para praticar pilar na gestação

pilates na gestação

A gestação é um período repleto de mudanças no corpo da mulher, e cuidar da saúde nesse momento é essencial.

Uma prática que tem se tornado cada vez mais popular entre as futuras mamães é o Pilates. 

Com seus exercícios suaves e foco na respiração, o Pilates oferece uma série de benefícios durante a gravidez.

Neste artigo, exploraremos as razões pelas quais praticar Pilates na gestação é uma escolha inteligente para o bem-estar tanto das mães quanto dos bebês.

Fortalecimento do Core

O core, que compreende os músculos abdominais, do assoalho pélvico e das costas, desempenha um papel fundamental no suporte à coluna e na estabilidade do corpo. Durante a gravidez, o aumento de peso e a mudança no centro de gravidade podem sobrecarregar esses músculos. 

O Pilates é conhecido por seu foco no fortalecimento do core, o que ajuda a manter a estabilidade da coluna e a aliviar a dor lombar, um dos desconfortos comuns na gestação.

Melhora da Postura

À medida que a barriga cresce, muitas gestantes enfrentam desafios para manter uma postura adequada. A má postura não apenas causa desconforto, mas também pode levar a dores nas costas e no pescoço. 

O Pilates enfatiza a consciência postural, ensinando as grávidas a alinhar o corpo e a sustentar a coluna de maneira adequada. Isso não apenas reduz o desconforto, mas também melhora a respiração, essencial para o bem-estar da mãe e do bebê.

Alívio do Estresse e Melhora do Sono

A gestação pode ser um período emocionalmente desafiador. O Pilates, com sua ênfase na respiração profunda e na concentração, ajuda as futuras mães a relaxar e a reduzir o estresse. 

Isso não só promove o bem-estar emocional, mas também pode melhorar a qualidade do sono, um fator crucial durante a gravidez.

Preparação para o Parto

Os exercícios do Pilates podem ajudar as grávidas a fortalecer os músculos do assoalho pélvico, o que é benéfico imenso de preparação para o parto. Um assoalho pélvico forte pode facilitar o processo de parto e contribuir para uma recuperação mais rápida após o parto.

Fortalecimento da Conexão Mãe-Bebê

O Pilates promove a consciência corporal e a conexão entre a mãe e o bebê. À medida que as futuras mamães se concentram nos movimentos suaves e na respiração, elas também fortalecem o vínculo emocional com seus filhos em desenvolvimento.

Qual é melhor? Pilates na gestação no solo ou em aparelhos?

A escolha entre fazer Pilates no solo (Mat Pilates) ou com aparelhos durante a gestação depende das necessidades individuais da gestante e das recomendações do profissional de Pilates ou do médico.

Ambas as modalidades têm benefícios, e a decisão pode variar de acordo com o estágio da gravidez e as preferências pessoais.

Pilates no Solo (Mat Pilates)

  • Flexibilidade: O Mat Pilates é altamente eficaz para melhorar a flexibilidade, o que pode ser benéfico para aliviar a tensão muscular durante a gestação.
  • Consciência Corporal: A prática no solo enfatiza a consciência corporal, ajudando as gestantes a se familiarizarem com as mudanças em seu corpo e a manter uma postura correta.
  • Custo e Acessibilidade: Mat Pilates pode ser uma opção mais acessível, já que não requer equipamentos caros.
  • Versatilidade: Muitos exercícios de Mat Pilates podem ser adaptados para as necessidades individuais da gestante.

Pilates com Aparelhos

  • Assistência e Resistência Controlada: Os aparelhos de Pilates, como a Reformer, oferecem assistência e resistência controlada, o que pode ser benéfico para fortalecer músculos específicos de forma mais direcionada.
  • Variedade de Exercícios: Os aparelhos permitem uma variedade maior de exercícios e níveis de dificuldade, o que pode ser adaptado ao progresso da gestante.
  • Suporte para o Corpo: Alguns aparelhos, como a cadeira de Pilates, podem oferecer suporte adicional ao corpo durante exercícios que podem ser mais desafiadores durante a gravidez.
  • Supervisão Profissional: A prática com aparelhos muitas vezes é supervisionada por um instrutor de Pilates, o que pode garantir que os exercícios sejam realizados com a técnica correta e segurança.

É importante enfatizar que, independentemente da modalidade escolhida, a gestante deve sempre consultar seu médico antes de iniciar um programa de Pilates durante a gravidez. 

Além disso, é fundamental encontrar um instrutor de Pilates qualificado e experiente em treinamento para gestantes, pois eles podem adaptar os exercícios de acordo com as necessidades individuais, levando em consideração a fase da gravidez e quaisquer condições médicas pré-existentes. 

A segurança e o conforto da gestante devem ser a principal prioridade ao escolher o tipo de Pilates a ser praticado.

Conclusão

Praticar Pilates durante a gestação é uma escolha sábia para as futuras mamães que desejam cuidar de seu bem-estar físico e emocional. Com benefícios que vão desde o fortalecimento do core até a preparação para o parto e a redução do estresse, o Pilates pode fazer uma grande diferença na experiência da gravidez. 

Consulte sempre um profissional de saúde ou um instrutor de Pilates qualificado antes de iniciar qualquer programa de exercícios durante a gestação para garantir que seja seguro e apropriado para o seu caso específico.

Afinal, uma gestação saudável e feliz é o desejo de todas as mães e de seus preciosos bebês.

Veja também:

Top 08 Melhores Whey Protein em 2023

Top 07 Melhores Creatinas Micronizadas

Melhores Ofertas de Suplementos

Posts recentes:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.